Novembro Azul

Voltar

21 de novembro de 2022

Novembro Azul: entenda o que é o câncer de próstata e como prevenir

Porta-voz da Diretoria de Saúde da Polícia Militar fala sobre o câncer de próstata, seus sintomas, diagnóstico e formas de prevenção.

No calendário da saúde, o mês de novembro é dedicado à atenção e conscientização sobre a saúde do homem, com foco no câncer de próstata, que é a 2ª maior causa de morte por câncer no mundo e acomete 1 a cada 6 homens ao longo da vida.

 

A campanha, mundialmente conhecida como Movember, visa alertar sobre a importância do diagnóstico precoce e hábitos saudáveis como forma de prevenir a doença. Começou em 2003, na Austrália, quando alguns amigos tiveram a ideia de deixar o bigode crescer como forma de chamar a atenção para a saúde masculina.

 

Para entender melhor o que é o câncer de próstata, seus principais sintomas e formas de prevenção, convidamos o porta-voz da Diretoria de Saúde da Polícia Militar, 1º Ten Med PM Varotti, que explica que “a próstata é uma glândula localizada na região pélvica do homem. Ela fica na via de saída da bexiga. Entre a bexiga e o pênis. E é justamente essa glândula o foco da nossa atenção como importante órgão que pode ser acometido pelo câncer”.

 

A cada 38 minutos, um homem morre no Brasil vítima do câncer de próstata, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Na fase inicial, a doença não manifesta sintomas, por isso aguardá-los pode ser tarde demais.

 

“A SBU recomenda que o rastreamento se inicie aos 45 anos de idade em caso de câncer de próstata na família e a partir dos 50 anos para aqueles indivíduos sem este antecedente familiar. Este rastreamento deve ocorrer até os 75 anos de idade”, alerta o porta-voz.

 

Os exames de rastreamento são feitos por meio da dosagem de PSA (antígeno prostático específico), realizada em laboratório a partir da coleta de uma pequena amostra de sangue, e o exame de toque retal, importante para avaliar alterações do reto e do ânus.

 

Se diagnosticado no estágio inicial, o câncer de próstata tem cura com a realização de uma cirurgia chamada prostatectomia. Nos casos avançados, o tratamento é feito através da hormonioterapia ou quimioterapia, nas quais é possível manter um controle sobre a doença.

 

Principais sintomas:

acordar diversas vezes à noite para urinar;
urinar em pequena quantidade, diminuindo o intervalo entre as micções;
urgência em urinar, com risco de escape;
dor ao urinar

 

Fatores de risco:

O 1º Ten Med PM Varotti ressalta ainda que alguns hábitos que adotamos ao longo da vida e outros fatores podem contribuir para o desenvolvimento do câncer de próstata. Por isso, “utilizar todos os meios para antecipar o diagnóstico precoce é essencial para mudar a história natural da doença, trazendo bons resultados no tratamento”, conclui.

 

São fatores de risco:

  • Idade, sendo mais comum a partir dos 60 anos;
  • Antecedente familiar;
  • Obesidade;
  • Má alimentação;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Uso excessivo de bebidas alcoólicas.

 


Compartilhe

    Inscreva-se para receber novidades da PRÓ-PM!



    Ao continuar navegando, você concorda com a utilização de cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.